19 janeiro 2007

(in)Justiça


Não há muito para dizer. Mas quando me falam em adopção eu digo que há muita coisa que tem de ser melhorada, principalmente na justiça (com letra minúscula porque não merece outra coisa)! A criança tem um Pai, e esse está na prisão... o pai que cuidou dela, não a tratou mal, deu-lhe amor, deu-lhe condições... esse pai está na cadeia!... Onde é que raio se enfiaram os moralista?! Andam a colar cartazes?


5 comentários:

Anónimo disse...

Andam de banco em banco a contrarir emprestimo pra pagar a indemnização que o pai biologico diz que vai exigir por danos etc e tal, depois da historia sair nos jornais. E depois . . .enfim é Portugal a funcionar!!!

Anónimo disse...

.
O Axioma Matemático do ABORTO ( AMA ).
.
Divulga a 5 colegas. Divulga também na tua JUNTA de Freguesia e na tua CÂMARA Municipal.
.
Ver em http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt/24694.html
.
.
Caso o Link falhe aqui vai o documento todo.
.
.
------------------------------------------------------------
TEMA: O Axioma Matemático do ABORTO (AMA).
------------------------------------------------------------
.
"Quem decide, se aborta ou não, é a mulher grávida. E mais ninguém".
.
Em especial mais nenhum "meio-homem" (Padres, Bispos, Cónegos, Arcebispos,
Monsenhores, Cardiais Patriarcas ou Matriarcas, Papas ou Papistas).
.
Em especialíssimo mais nenhuma Madame, Madamesinha, Madameseta,.....
(lembrem-se que os maiores inimigos das mulheres são as próprias .........)
.
Nota: Quem não souber o que é um Axioma pergunte aos/ás Professores/ras de
"Má Temática" e aos Padres.
.
PS: O autor deste blog é um homem.
.
.
Braga, 30 de Novembro de 2006.
.
.
-----------------------------------
EXTRA 1 - Bendita seja a mulher
-----------------------------------
.
"Não aconselharei nunca ninguém a optar por um aborto, mas agirei sempre com a
consciência de que A DECISÃO FINAL É DA mulher que está grávida."
.
in http://jn.sapo.pt/2006/12/02/preto_no_branco/bendita_seja_a_mulher.html
"Cá se, fazem..." , Paulo Baldaia, Chefe de Redacção
.
.
--------------------------------------
EXTRA 2 - Aos Católicos sensatos:
--------------------------------------
.
Assinem pelo NÃO. Falem pelo NÃO. Mas votem pelo SIM.
.
Assim "ninguém" vos fará mal porque o voto é secreto.
.
.
------------------
PUBLICIDADE:
------------------
.
Paguem um ORDENADO DE SEIS MIL E CEM (6100) EUROS, mensal, a cada um dos TRÊS
DAS JUNTAS de Freguesia: O Presidente, o Tesoureiro e o Secretário.
.
Nota: Tenham as habilitações que tiverem e sejam de que Partido forem.
.
? Porquê?
.
Porque as Juntas de Freguesia são o PRIMEIRO PILAR DA GOVERNAÇÃO de um País
( Em http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt/arquivo/2005_04.html#565183 ).
.
Nota: Só um Presidente de Câmara, em trezentas e tal, é que puxou pela cabeça.
.
.
.
ANÓNIMO para os que não gostam de armantes.
.
JOSÉ DA SILVA MAURÍCIO para os que não gostam de Anónimos.

Canense disse...

Espera aí...
Concordo plenamente que a menina deve ser, AGORA, entregue aos pais adoptivos.
Mas segundo li algures, e corrijam-me se estiver errado, que o tribunal deu a guarda da menina ao pai quando ela tinha cerca de um ano, e os pais adoptivos andaram de recurso em recurso até agora...
E se tivessem acatado a lei da primeira vez????
Não se esqueçam que o pai biológico mal soube que a filha era dele agiu...
É ingrato ver uma criança no meio destas merdas todas.

Abraço

Canense

Farpas disse...

-A menina nasce em 2002 e é registada como filha de pai incógnito pois o pai não quis assumir a paternidade

-Em 2003 a MANDO DO TRIBUNAL o pai biológico é OBRIGADO a fazer os teste de paternidade e como foram positivos TEVE de assumir a paternidade

-Quando tinha 2 anos e 5 meses o tribunal atribui a custódia ao pai biológico pois a mãe como era ilegal não podia ter legalizado a adopção. Segundo artigos da época o pai não tem quaisquer condições para criar a criança e tem como "objectivo" obter o rendimento mínimo.

Agora o Pai vai para a prisão 6 anos para que a menina possa continuar com a Mãe, enquanto o dador genético que já conseguiu 30 mil euros, diz que vai processar o estado por danos psicológicos para ir buscar mais uns euros. Eu não sei nada de tribunais... mas também não quero!

Imagina chegar agora a tua casa alguém a dizer "Olhe desculpe lá, mas esse miúdo porreiraço que está aí a brincar com o cão é meu... passa-o para cá!"

Anónimo disse...

Como sabes também escrevi no Pópulo sobre isto, e acho que as leis da adopção ainda devem levar muitas correcções! Vinha responder ao Canense mas já cá está o principal - o «homem que forneceu o esperma» para esta criança foi fazer o teste de paternidade porque foi convocado pela GNR. O 'instinto paternal' era nulo. Já nessa altura era um erro tremendo ter-lhe dado a guarda da menina, o tribunal foi uma máquina, que deu uma resposta automática: há um tipo que se prova ser o pai biológico, ora toma lá a criança! Depois queixem-se de que há crianças maltratadas e violadas e o raio...
Como lembrei lá, segui um caso de uma menina que também devia ter «entregue» à mãe biológica e estava aterrorizada. Completamente apavorada, e sabia bem que era filha «de coração» mas até tinha pesadelos com o pânico de ser raptada.
Tem de se pensar nas crianças e a justiça não pode ser cega tem de ver muito bem!

Related Posts with Thumbnails