28 janeiro 2010

i(don't)Pad


Foi ontem apresentada a tábua mais famosa (antes de o ser) desde as de Moisés! Steve Jobs ao seu estilo (mas bastante mais murcho... as melhoras) lá apresentou o novo brinquedo da Apple. E por entre os gritos de louvor e as reacções cheias de esperança dos especialistas a Apple apresenta um iPhone gigante (o design deve ter sido construído esticando a imagem do iPhone no photoshop!) que se apresenta como um "computador" entre o pc normal e um smartphone, mas sem flash, sem possibilidade de se correr mais do que uma aplicação ao mesmo tempo, com 16Gb de disco (na versão mais baixa), com teclado no visor (convenhamos que para escrever textos longos não dá muito jeito!)... ENtão o que é que a Apple apresentou? Uma revolução ou um gadget bonitinho que dá para fazer coisinhas bonitinhas com estilo mas que não é nada funcional e que no fundo não passa de um leitor de e-books apetrechado? Para além disso toda a gente sabe com eles funcionam, não vale a pena gastar uma pipa de massa na primeira versão de um produto Apple porque passados 6 meses estão a lançar a 2ª versão mais ao menos ao mesmo preço e com as correcções que as falhas do mercado vão trazer ao de cima... enfim, se o dinheiro me caísse dos bolsos (às vezes até caí mas é só moeditas perdidas no bolso) era capaz de comprar este lçeitor de e-books, como não caí... i(don't)Pad!

Related Posts with Thumbnails